Diagnóstico Ambiental e Gestão de Áreas Contaminadas

Avaliação Ambiental Preliminar
Consiste na etapa inicial do gerenciamento ambiental de uma área, tendo como norma referencial no Brasil a “NBR 15515-1:2007 - Passivo ambiental em solo e água subterrânea - Parte 1: Avaliação preliminar”. Tem como objetivo caracterizar as atividades atuais e pretéritas desenvolvidas na área sob avaliação, buscando identificar as áreas fonte e as fontes potenciais de contaminação e constatar evidências, indícios ou fatos que permitam suspeitar da existência de contaminação, embasando sua classificação como Área Suspeita de Contaminação (AS) e orientando a execução das demais etapas do processo de Gerenciamento de Áreas Contaminadas.

Investigação Ambiental Confirmatória
Etapa realizada após a Avaliação Preliminar e que tem como objetivo principal confirmar ou não a existência de contaminação na área em avaliação, por meio da investigação direta de todas as fontes potenciais e primárias de contaminação identificadas na etapa anterior de trabalhos, e como objetivo adicional a obtenção de dados iniciais necessários à caracterização do meio físico. Os trabalhos referentes à Investigação Confirmatória, cujas orientações principais são contempladas na norma “NBR 15515-2:2011 - Passivo ambiental em solo e água subterrânea - Parte 2: Investigação Confirmatória”, são direcionados às áreas onde, durante a realização da Avaliação Preliminar, foram identificados indícios ou suspeitas de contaminação.

Investigação Ambiental Detalhada
Etapa subsequente à Investigação Confirmatória, tendo como norma referencial no Brasil a “NBR 15515-3:2013 - Passivo ambiental em solo e água subterrânea - Parte 3: Investigação Detalhada”. Tem como objetivos a completa caracterização do meio físico, o mapeamento e a delimitação das plumas de contaminação, a determinação das concentrações nos diferentes meios investigados, tanto nos centros de massa como na área de abrangência das plumas, a quantificação das massas das substâncias químicas de interesse, a caracterização do transporte das substâncias químicas no ambiente subterrâneo e sua evolução no tempo e a caracterização dos cenários de exposição necessários à realização da etapa de Avaliação de Risco. A etapa de Investigação Detalhada deve ser executada a partir dos dados e resultados obtidos nas etapas de Avaliação Preliminar e Investigação Confirmatória.

Modelagem Matemática
A modelagem matemática de fluxo e transporte é empregada para simular o comportamento da água subterrânea e a evolução da contaminação ao longo do tempo, possibilitando a verificação da alteração da qualidade de recursos hídricos superficiais e subterrâneos, bem como prever eventual necessidade de adoção de ações visando a proteção de bens naturais e de receptores.
A MILLER Consultoria desenvolve trabalhos de modelagem matemática analítica e numérica, que subsidia e dá embasamento à tomada de decisão em seus projetos, utilizando-se dos softwares mais modernos e atualizados, sendo o conhecimento da equipa técnica que desenvolve os modelos obtido através de diversos cursos de atualização e aperfeiçoamento realizados tanto no Brasil quanto no exterior.

Análise de Risco Toxicológico
Estudo que tem como objetivo avaliar e quantificar os riscos toxicológicos à população eventualmente exposta à contaminação e, a partir dos resultados, estabelecer as máximas concentrações aceitáveis para a área em estudo.
A MILLER Consultoria executa os estudos de avaliação de risco toxicológico para fins de gerenciamento de áreas contaminadas em total conformidade com as principais normas nacionais (ABNT NBR 16.209:2013) e internacionais (ASTM E-2081) e com as adaptações e orientações das agências ambientais brasileiras, agregando, quando necessário, modelagem numérica do fluxo e transporte de contaminante e uso de modelos de atenuação para determinar os teores alvo a serem atingidos no processo de remediação/intervenção do local.

Estudo de Intrusão de Vapores
Estudo de tem como objetivo avaliar, de forma completa, o processo de migração de compostos químicos voláteis na fase vapor provenientes do solo e/ou da água subterrânea contaminada para o interior de edificações, podendo conferir, além dos riscos de explosão, riscos de efeitos toxicológicos crônicos à saúde dos receptores que ocupam as edificações. O estudo de intrusão de vapores envolve, dentre outras etapas, a delimitação e o mapeamento das plumas de contaminação no ar do solo, o entendimento do processo de geração e migração de vapores, a avaliação das vias de exposição, a definição dos níveis seguros de exposição, a caracterização e tipificação do uso das edificações, a definição das ferramentas e os procedimentos de análise dos dados, bem como a definição dos critérios orientativos para a tomadas de decisões.
A MILLER Consultoria elabora seus estudos de intrusão de vapores em total consonância coma as diretrizes, normas e procedimentos estabelecidos pelas agências ambientais e órgãos e entidades internacionais.

Plano de Intervenção
Estudo que tem como objetivo apresentar e descrever as ações propostas visando o controle dos riscos decorrentes da contaminação identificada na área de interesse, seja através da implantação de medidas de remediação para tratamento e/ou contenção, medidas de engenharia ou medidas de controle institucional.

Plano de Intervenção para Reutilização de Área Contaminada
Estudo que tem como objetivo apresentar e descrever as ações propostas visando o controle dos riscos decorrentes da contaminação identificada na área de interesse, considerando um novo uso para a área de interesse, devendo as medidas a serem implementadas ser estabelecidas em consonância com o novo tipo de uso do terreno e com as características da sua ocupação.

Plano de Desativação e de Encerramento de Atividades Industriais e Comerciais
Estudo efetuado de acordo com as normas e metodologias nacionais e internacionais e em cumprimento à Lei 13.577/2009 (estado de São Paulo) e Decreto 59.263/2013 que a regulamenta, descrevendo todos os procedimentos a serem realizados para planejar e proceder ao descomissionamento de uma unidade industrial ou comercial cuja atividade seja considerada potencialmente poluidora e sujeita ao licenciamento ambiental.

Monitoramento para Encerramento
Etapa final do processo de gerenciamento de uma área contaminada, iniciada após o término do processo de remediação de uma área, quando os estudos de investigação ambiental não indicarem a existência de riscos e/ou quando as medidas de controle institucional e/ou de medidas de engenharia, propostas no Plano de Intervenção, tenham sido implementadas.
Esta etapa consiste no acompanhamento periódico dos níveis de contaminação remanescentes na área, visando avaliar seu comportamento ao longo do tempo. Os resultados desta etapa definirão a viabilidade de encerramento do caso e consequente emissão do Termo de Reabilitação da área.

Avaliação Ambiental Preliminar Investigação Ambiental Confirmatória Investigação Ambiental Detalhada Modelagem Matemática Análise de Risco Toxicológico Estudo de Intrusão de Vapores Plano de Intervenção Plano de Intervenção para Reutilização de Área Contaminada Plano de Desativação e de Encerramento de Atividades Industriais e Comerciais Monitoramento para Encerramento